Auto-Sabotagem: Quem nunca se enganou?

Primeiro, o dependente decide que não irá usar mais nada de pornográfico. Mas aí, depois de um tempo, ocorre aquela famosa recaída (leia sobre isso em uma das postagens do blog) e aí, depois do orgasmo, o pornolista se vê em uma situação de frustração, pois sabotou as próprias expectativas de encerrar o vício.

Essa é a famosa auto-sabotagem. O dependente encontra uma brecha na vigilância e põe tudo a perder. É como se uma venda lhe tapasse visão da gravidade do que está prestes a fazer. É quase uma “perda de consciência”, ou da “razão”. É um desvio tentador.

 O que fazer, então, para que isso não ocorra mais?

Infelizmente é uma questão de muita força de vontade para manter a disciplina.

É fácil não acessar, mas é muito difícil recusar um convite que se faz aparente por algum link, página ou qualquer material em fácil alcance. Respire fundo nessa hora, mantenha a concentração no que estiver fazendo, e se possível, ignore, feche, saia de perto. Você se conhece melhor do que ninguém, e sabe muito bem quais são as suas verdadeiras chances de se deixar levar pela onda.

Experimente instalar bloqueadores no seu computador, apague os arquivos que possui, filtre os e-mails, dificulte a chegada da pornografia até você. Se precisar, masturbe-se longe desse material. E depois do orgasmo, ficará mais animado por não ter caído na armadilha. (Leia outras postagens sobre dicas e passos para se afastar do vício).

Você é a única pessoa que conhece as falhas do seu método para parar de usar pornografia. Você é a única pessoa que pode dizer um belo de um “não” para si mesmo na hora em que aquela foto tentadora surgir na sua frente.

Pense bem, só o fato de estar conseguindo ficar algumas semanas sem usar qualquer tipo de pornografia, já é um sinal verde para o desapego do material pornográfico atravessar a sua vida. A cada vez que aparece uma sabotagem, esse sinal é fechado e tudo é perdido.

Lembre-se que as vezes, depois de dar um tremendo golpe na vigilância, muitos dependentes acabam se entregando novamente ao velho ritmo de consumo pornográfico, pois não se acham em condições para conter o vício. Dessa forma, a necessidade ganha força e a busca se repete mais vezes. Então, seja firme e não chute o balde! Poupe-se de novos problemas e arrependimentos!

Faça mais esforço, busque ajuda se achar necessário. Tente descobrir até onde a necessidade de usar pornô está te atrapalhando e comece a trabalhar essa parte.

Não tenha medo de “ficar sem pornografia para sempre”. Isso não existe, se você não quiser. Mas entenda que é perfeitamente natural ficar sem vê-la todos os dias, ou todas as semanas.

A cada sabotagem, você fica sabendo exatamente onde estão os buracos que te fazem cair. Por isso, seja honesto consigo mesmo e desvie sua atenção para a estrada da determinação e não permita que as armadilhas tentadoras estraguem o seu processo de “desintoxicação”.

Acesse outros artigos do BadPorn para ler dicas para parar de usar pornografia.
Conheça também outras maneiras de parar clicando aqui.

3 comentários sobre “Auto-Sabotagem: Quem nunca se enganou?

  1. Pingback: A Pornografia e Você «

  2. Este blog nos dá um sentido mais amplo para o sexo.
    Muitos confundem a relação sexual com uma parceira(o) com pornografia, isso aqui tem me ajudado e ver a situação de outro modo, e estou utilizando menos pornografia.
    Parabéns pelo blog.

  3. Olá Surfista,

    Relação sexual não é pornografia. Mas a infidelidade, a promiscuidade e a prostituição são coisas que podem, indiretamente, ser inspiradas pelo consumo de material pornô.

    BADPorn agradece os elogios!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s