O Desejo e a Vontade

Quem se preocupa com o abandono de um vício precisa ter o treinamento da vontade como meta principal. Simplesmente querer, mas deixar de agir não resolve nada!

Você tem desejo pela pornografia. E a vontade de largá-la, também?

Vontade não é a mesma coisa que desejo. O desejo nos domina pelas emoções.
A vontade, por sua vez, é a emoção dominada e submetida à razão da mente.

A vida ganha mais equilíbrio e paz quando a mente assume o controle das emoções. Geralmente, quando nos deixarmos dominar por emoções, vivemos em tristes conflitos internos e externos.

O desejo é passageiro e se manifesta através da personalidade, é uma maneira primitiva de atuar na direção de um objetivo. Os desejos geralmente satisfazem sentidos inferiores, sem passar pelo crivo da consciência. A vontade, por sua vez, é de origem mais profunda, nobre, raciocinada, espiritual. E é com ela que nós querermos, sentimos, precisamos, etc.

A vontade é um impulso da consciência, direcionado a uma finalidade prevista racionalmente e por métodos individuais de ação. Desse modo, a vontade se caracteriza pela pessoa que se governa. Ela é uma ferramenta que estimula a atividade humana. Quando aprendemos a desenvolver essa função, nós aumentamos o poder sobre nossa própria vida.

A vontade nos faz renunciar algo, nos impõe uma escolha necessária para que seja possível atingir a meta proposta. Esse é um grande momento, pois é dele que extraímos energia para iniciar o processo de realização. Essa energia é dinâmica e propulsora. Ao ser acordada, ela movimenta algumas forças instintivas e reforça a auto-afirmação.

Quando jogamos essa energia em circulação, já sabemos bem o que queremos e muito provavelmente como conseguir tal concretização. Com o uso da vontade, é possível inibir um desejo ruim. Mas a indecisão, a ausência de vontade, a falta de determinação e consciência, constitui somente um desejo comum.

Ao colocar a nossa vontade na base de uma nova vida, estamos trabalhando conscientemente para transformar o nosso destino. A vida sugere provas e expiações que servem para nos despertar novos potenciais. Várias virtudes estão inativas dentro de nós. E na batalha contra os problemas, encontramos qualidades que aumentam nossa percepção de vida.

É imprescindível que nossa capacidade de compreensão e compaixão esteja em dia, pois a ausência desses valores pode colocar tudo a perder, alem de nos fazer agir através dos instintos. Essa má conseqüência pode nos conduzir à destruição e ao congelamento das atividades.

Dirija-se pelos sentimentos, pela sua espiritualidade. Coloque amor na sua escolha e ame cada passo nessa evolução. Faça um exercício de meditação todos os dias, avaliando e agradecendo cada milímetro do seu avanço e recebendo energias para continuar sua jornada.

Por isso, você, dependente da pornografia, pode desenvolver a vontade de largar o vício. Ao aprender como controlar seus impulsos e desejos inferiores, você começa a ganhar cada vez mais poder sobre si mesmo e ainda consegue elevar seu sentimento de amor próprio, acreditando no seu próprio potencial íntimo.

Cada vez que você diz “Não consigo largar a pornografia, ela é mais forte do que eu”, na verdade está dizendo “Não quero largar a pornografia, ela é muito boa para mim”. Então, nada de apego ou auto-sabotagem. Assuma sua pornolatria para si e reconheça que este problema faz parte da sua vida, e que talvez sempre assim o seja, mas que de agora em diante, estará pondo tudo sob rédeas firmes, está deixando o vulcão extinto e inofensivo, porque seu pensamento e atitude são mais fortes e diferentes.

Comece a renovar seus paradigmas. Eles são idéias que movem ações. Portanto, novas idéias, novas ações. Quando começamos a desenvolver a vontade, passamos a perceber alguns benefícios, ao sentir que certas sombras não exercem mais um completo domínio sobre nossa vida.

Se ao invés de mudar suas atitudes, você permanece igual diante das mesmas dificuldades, estará então, repetindo um erro, e atraindo uma maior potência sobre ele, para que não haja outra saída senão mudar. Isso aumenta o sofrimento. Mas, se você escolhe mudar sua forma de reação, estará construindo um novo destino.

Na dúvida, questione a você mesmo (a): Por que a minha vontade de largar o pornô é fraca? A maneira que eu optei para deixar a pornografia veio mesmo da minha vontade? A minha vontade de largar a pornografia é legítima? Ela é assombrada por culpas e medos?

A sua vontade deve favorecer a transformação do seu jeito de lidar com os acontecimentos e te dar suporte para reescrever uma história nova.

Os problemas fazem parte da vida. A diferença estará apenas na forma que você lida com eles. Ao reagir com consciência, sem repetir a mesma resposta inconsciente, vai receber resultados diferentes daqueles insatisfatórios e frustrantes que você conhece bem. Lição repetida, lição não aprendida.

Faça uma reflexão e comece logo um levantamento consciente daquilo que há de melhor em você. Descubra sua capacidade de superar obstáculos que a vida coloca, e enfim, com a sua força e com a força da natureza, sinta-se livre para correr atrás de tudo aquilo que a sua crença da inabilidade te impediu de se realizar.

Treinando a Filosofia da Vontade na união de forças para vencer o vício pornográfico

-Assim que o dependente descobre o senso de justiça, nada resistirá à sua vontade.

-Para descobrir se um dependente é feliz ou não, repare onde está focada a sua vontade.

-Na vontade, se a firmeza entra no lugar da agressividade, nada pode destruí-la.

– Para que você consiga dominar a si mesmo, é necessário se dedicar a este objetivo por muito tempo.

– Se você escolhe enfrentar a fera, muito provavelmente ela terá medo de você.

– Evite dar vazão para idéias ou vontade perversas. Essa é uma ameaça a sua vida e pode significar o início de sua destruição.

– Quando criamos frestas, produzimos sombras. Logo, aquele que se dedica à ação errada voluntariamente, se torna sua vítima.

– O abandono da pornografia não se constrói com culpa e medo. Tais agressões mentais criam mais desordem.

– Busque a compreensão do sofrimento e esforce-se, com amor, para entender o significado dele na sua vida.

– À medida que a sua vontade supera obstáculos, mais poder ela recebe. Desse modo, a esperança se liga à fé.

– O medo é a moleza da vontade. Ele deve ser enfrentado e vencido.

– Observe que o fogo é como a vontade humana. Ele aquece quem sabe usá-lo e queima quem abusa dele.

– Toda vontade nossa deve ser sempre alinhada às leis da natureza.

Um comentário sobre “O Desejo e a Vontade

  1. Realmente esse artigo me fez bem e me deu nova vontade de mudar e hoje já estou avançando para vencer esse mal! valeu pela ajuda!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s