Aceitação e amor-próprio

Como anda sua tolerância com a dependência pornográfica sua ou dos outros?

É uma dura missão largar a pornografia. Você que acompanha o BADPorn já deve ter percebido, pelos depoimentos, como esse vício aborrece várias pessoas. E em vista de algumas mensagens recebidas, este artigo vem com uma proposta que pode ajudar o viciado que se sabota. Contudo, lembre-se sempre que este blog é amador. Na dúvida, consulte um especialista da sua preferência.

É preciso ter paciência com o viciado ou paciência consigo mesmo, se você que lê é o dependente. Geralmente, na hora da dor, fazemos promessas de não errar mais. Só que daí vem a recaída e pensamos “eu não tenho jeito! Isso é mais forte”. É aí que a força da mudança se perde, pois ela já nasceu confusa.

Nesse momento, paramos para pensar “Preciso parar. Vou dar um jeito nisso. De hoje em diante, não vou abrir esses arquivos”. Cuidado com esse pensamento, pois ele é uma conscientização artificial. O perigo dessa forma de pensar é fazer com que a pessoa fique se batendo com uma cobrança que exige uma compensação em troca do esforço, mas a verdade tomar consciência não é o problema.

A cobrança ruim acontece quando nós repudiamos uma coisa nossa, que nos incomoda. E por não estar em harmonia com essa coisa, cada vez que ela nos aflige, ficamos angustiados por notar que as investidas ruins conseguem nos induzir.

Aí você se pergunta: “O que eu devo fazer para que essa situação me deixe em paz?” “Como eu faço para que isso não me incomodar mais?”.

Uma boa solução para isso é a aceitação. Mas aceitar não é se conformar. Quem se conforma fica preso no conforto, acuado em pensamentos do tipo “sou assim mesmo e pronto, posso “errar” porque me conformo em ser assim”. Isso é ruim. É estacionar na estrada do progresso, pois todo conflito serve para nos impulsionar na vida.

A verdadeira aceitação consiste no acolhimento do problema com amor. É compreender que ele existe. É dizer para si mesmo: Não gosto do que fiz, mas me aceito enquanto faço o inadequado.

É a conscientização serena da realidade que vai te proteger das investidas do mau comportamento. Ao aceitar a existência do problema, você começa a desvendar um sistema de soluções que te sintoniza com pensamentos mais elevados, capazes de te fazer mudar.

A cobrança favorece as repetições do erro, porque ela gera culpa*, que por sua vez, permite a atuação de influências negativas relacionadas à tentações consideradas como irresistíveis (recaída*). Na hora em que você estiver diante desse desejo incômodo, pare. Feche os olhos e respire fundo, calmamente, por umas cinco vezes. Imagine você se afastando do desejo ou então imagine uma luz bonita sobre a cena tentadora, até ela mudar ou sumir. Ou então depois de respirar, saia de onde estiver, e se possível, beba água. A influência negativa vai passar e será cada vez mais fácil fazer esses exercícios.

Em muitas ocasiões, o caminho do acerto é cheio de erros… Então recaídas acontecem, mas ao invés de achar que tudo está perdido, reerga-se com aceitação, com amor-próprio, ao invés de se culpar e se criticar quando errar. Mais importante do que fazer o adequado, é ficar do seu próprio lado quando você erra. Essa é a vantagem da aceitação: “Já fiz, já está feito e agora é me aceitar no progresso evolutivo.”

As investidas ruins sempre vão existir até que você deixe bem claro, que com contigo, ela não pode mais. Cada um dinamiza isso do seu próprio jeito, desde que tenha se aceitado nessa situação temporária com amor, ao invés de se punir. Portanto, nada de perder a cabeça consigo mesmo ou os dependentes que participam de sua vida. Acolha-se ou acolha-os.

Tudo isso está bem longe daquela banal mania de passar a mão na cabeça e se conformar toda vez que der problema. A postura adequada é de respeito, prudência e equilíbrio. Permita que isso desarme a sua dependência pornográfica ou dos seus próximos.

*leia artigos sobre culpa, também no BADPorn

*leia artigos sobre recaída, também no BADPorn

13 comentários sobre “Aceitação e amor-próprio

  1. ótimo texto muito esclarecedor estou a 4 dias sem abrir arquivos de conteúdo pornográfico em uma recuperação muito boa o blog tem me ajudado muito, obrigado amigos como li em outros textos um dia de cavez agente chega lá!

  2. Olá Wagner,

    Que bom que está conseguindo! Continue firme no seu novo propósito e mantenha sempre essa determinação! Quanto mais você se conhecer, mais domínio terá sobre seu vício, sempre que quiser.

    Muita paz!

  3. olá amigos já se foram 9 dias! hoje tive vontade e oportunidade, fiquei sozinho em casa por mais de uma hora mas me lembrei dos conselhos e pus em prática respirei fundo tomei uma água e fui jogar video game rsrsrs muito obrigado amigos estamos conseguindo!! mais um dia!

  4. Olá Wagner,

    Parabéns pelo sucesso e pela determinação. Continue firme e esteja sempre do seu próprio lado, conhecendo-se.

    Depoimentos como o seu mostram a importância dessa causa e de todo o trabalho do BADPorn, que te agradece.

    Continue firme!

  5. olá amigos estou aqui para compartilhar minha felicidade com vcs, já se passou 1 mês e 9 dias sem consumir material pornográfico. estou muito feliz, me sinto muito melhor, meu relacionamento com minha esposa melhorou e aos poucos as ultimas lembranças q ainda permeiam minha mente vão cendo a cada dia apagadas.

    quero muito agradecer aos amigos do BADPORN vcs foram parte fundamental desse processo e dessa vitória, até hj, muito obrigado de coração e vamos juntos um dia após o outro vencendo as batalhas.

    agradeço ao meu Deus q tem me ajudado de mais, tem me dado forças para prosseguir nesse objetivo.

    um grande abraço a todos!!!

  6. Olá Waqner!

    Que bom que você está evoluindo a cada dia! Isso mostra que é possível conseguir vencer o vício através de uma autodisciplina saudável, livre de culpas e cobranças negativas.

    O mérito é todo seu, pois nada muda se você não mudar!Tenha sempre metas como essa em sua vida, pois como disse Seneca ” A vida, sem metas, é completamente vazia”.

    Parabéns! Continue assim. Mantenha a serenidade, a vigilância e a paciência, pois todo cuidado é pouco e este foi só o primeiro, de muitos passos, de uma longa jornada.

    Muita paz!

  7. Olá pessoal
    É triste admitir que sou viciado, já venho lutando por um bom tempo, não tenho com quem desabafar, ja tentei com minha esposa porem ela usou isto para me ofender no primeiro desentendimentos que tivemos, já conseguir ficar livre por 6 meses, depois 30 dias, e percebo que o numero de dias vem baixando, isso me deixa profundamente angustiado, gostaria de ter a ajuda de voces, tenho milhares de motivos para acabar com isso.Comecarei uma nova luta hoje.

  8. Olá Fábio,

    Não se sinta triste por reconhecer que está dependente. Pelo contrário, orgulhe-se de detectar um problema na sua vida. Realmente são poucas as pessoas que entendem essa situação e que podem ouvir desabafos. Busque a ajuda de terapeutas, pois eles estão preparados para isso.

    Quanto a sua esposa, você fez bem em compartilhar este sentimento com ela, afinal, é sua companheira. Contudo, manifeste sua indignação com as ofensas e peça para ela ficar respeitosamente do seu lado ao invés de te ironizar. Explique que ela jamais será trocada por uma pornografia e cada um tem um ritmo para largar o vício. Peça o apoio dela.

    Cortar a seco uma dependência como essa, sem plena segurança e planejamento, pode antecipar a abstinência, tornando-se uma medida traumática. Procure fazer uma fusão, e ir cortando aos poucos, combinando frequencias e mapeando desejos. Cada pessoa começa de um jeito.

    Por fim, entenda que todos erram e que lição repetida é lição não aprendida.

    Se você tem motivos para acabar com isso, reúna-os em uma lista, crie metas e comece a se mexer.

    Você já sabe que tem potencial. Agora é ir em frente, seguro, otimista e confiante.

    Muita paz!

  9. Desconfiava que as pessoas poderiam se viciar em pornografia e se isto fosse possível eu estaria indo para esta condição. Hoje, com a ajuda deste site, percebo que há este vício e que sou uma vítima deste mal. Obrigado pela iniciativa de vocês em disponibilizar na internet material tão esclarecedor. Que Deus me ajude a partir de agora para solucionar este problema.

  10. Olá Anônimo,

    Realmente é possível viciar-se em pornografia. Contudo, verifique bem os indícios para ter certeza de que isso está acontecendo contigo. As vezes podemos ficar sugestionados e passamos a acreditar que algo é verdade.

    Mesmo assim, é sempre bom ficar alerta e ciente das possibilidades.

    BADPorn agradece seu reconhecimento e torce por você.

    Boa sorte!

  11. Excelente texto! Hoje tive uma recaída e nesse momento acabei de me masturbar para um vídeo. Mas não me culpo por isso, porque sei que faz parte da minha recuperação. Porém, o que me deixa feliz é que reduzi em muito o meu acesso a esse tipo de material depois que comecei a ler esses textos. Nos últimos 5 dias o meu acesso a esses vídeos reduziu-se drasticamente, cheguei a ficar 2 dias sem vê-los, coisa que não fazia há anos. Somando o tempo que gastei nesses dias com pornografia não dá 2horas. Antes gastava 2horas por dia, no mínimo! Obrigado aos criadores desse blog, obrigado a Deus por me dar força. Você que lê isso agora, saiba que é possível sim sair dessa. Para essa semana, minha meta é ficar 3 dias sem acessá-los e quando fizer não gastarei mais de 15 minutos. Deus esteja conosco!

  12. Olá Marcos,

    BADPorn é quem agradece a sua mensagem!

    Continue determinado e perseverante!

    Mas não deixe de procurar um terapeuta, ainda mais agora que você está mapeando uma característica sua! Com o acompanhamento dele, você vai ter a orientação necessária para conseguir se aproximar dos seus objetivos com segurança.

    Muita paz!

  13. Gente vamos para o fórum!
    Preciso muito da ajuda de voces, e os depoimentos vao me fortalecer tenho certeza!E la no forum é melhor de trocar ideias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s